24 set

Ensinando seu filho a valorizar o que é certo

Nós sabemos que em toda festinha de aniversário algumas surpresas podem vir a acontecer, principalmente na hora dos presentes, que é quando nosso filhote vai reagir em frente aos nossos convidados. E isso pode ser um problema, porque até certa idade, presentes específicos – como brinquedos, por exemplo – é que fazem sucesso com a criançada e os outros, acabam não atendendo as expectativas e o desapontamento é evidente no rostinho.

Pode parecer bobo, mas são nesses momentos em que valores devem ser apresentados: a criança precisa estar em contato com pequenas atitudes que são essenciais para a construção de caráter. A gratidão, por exemplo, é uma dessas vertentes.

Ser grato quer dizer, reconhecer através de uma emoção, uma boa ação ou intenção de um outro alguém. Parece difícil de explicar para uma criança, ainda mais por ser algo natural como os sentimentos e emoções, mas é necessário ensiná-las:

A cada boa atitude, ajuda ou gentileza sempre a agradeça e deixe claro o uso da palavra obrigado, demonstrando como está feliz por aquilo, mesmo sendo algo simples.

Moda tal mãe tal filha

Moda tal mãe tal filha

Maneire nos presentes de agrado, aqueles por bom desempenho na escola ou comportamento, faça-a reconhecer o valor de cada situação. E é claro, use palavras que a estimulem positivamente, até quem sabe mais para frente, poder presenteá-lo.

Deixe bilhetes pela casa agradecendo por algo bacana que tenha feito, assim ele sentirá o quanto é especial o ato de ser grato por algo.

Se necessário, apresente outras realidades para a criança. Conte de maneira construtiva que existem pessoas da mesma idade, que nunca usaram um vestidinho ou então brincaram de carrinho, mas ainda valorizam o pouco que tem. Com essa conversa, fale sobre doar algo que ela não brinca ou veste mais, porque ser solidário é também ser grato.

Estimule a gratidão fora de casa: na escola com os amiguinhos, professores e funcionários; na casa dos avós e familiares; funcionários de locais como restaurantes ou lojas e qualquer pessoa que fizer contato com ela.

Explique o que são intenções e que por trás de todo presente, existe um “planejamento”: conte como aquela pessoa, parou sua rotina e pensando nela comprou ou fez algo especial, mesmo que simples para presenteá-la.

Moda Mãe e Filha

Moda Mãe e Filha

Se o presente não existir, argumente sobre a presença!

Com pequenos estímulos nossos pequenos começam a entender virtudes para uma vida toda e a partir disso, enxergam com bons olhos pequenas atitudes que fazem toda a diferença!

Artigo criado em colaboração com a Timokids – Baixe o Timokids Grátis em seu celular e tablet:

http://timokids.com.br/ios.html

http://timokids.com.br/android.html

http://timokids.com.br/windowsphone.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *